Notícias

Plataforma Portuguesa para a Geotermia Superficial


apg_lneg_small

A Associação Portuguesa de Geólogos tem vindo a desenvolver e a divulgar a geotermia de muito baixa entalpia em Portugal. Esse trabalho traduziu-se na recente criação da Plataforma Portuguesa para a Geotermia Superficial, consubstanciada no protocolo assinado entre a nossa Associação e a Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), o Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG) e pela Agência para a energia (ADENE).


A Plataforma Portuguesa para a Geotermia Superficial pretende congregar as diferentes especialidades envolvidas nos aproveitamentos geotérmicos através de bombas de calor, no sentido de divulgar e credibilizar a geotermia superficial em Portugal. Esta plataforma é uma entidade aberta a qualquer instituição que desenvolva atividade na área da geotermia superficial. Pretende-se que seja uma base para apoio técnico e onde seja possível trocar informação (nacional e internacional), pontos de vista e debater questões relacionadas com geotermia de muito baixa entalpia. Neste momento, entre outras atividades, a plataforma está a dar apoio à produção do enquadramento legislativo em Portugal e à elaboração do conteúdo curricular para a formação nesta área.

A nível internacional, a APG tem estado em ligação com instituições europeias, como o European Geothermal Energy Council (EGEC) e a Federação Europeia de Geólogos (FEG), bem como com instituições de outros países (Espanha, Suécia, Itália, Reino Unido, etc.), principalmente, através do programa europeu Geotrainet.

O Geotrainet iniciou-se como um projeto europeu que decorreu entre 9/2008 e 2/2011, cuja missão foi desenvolver o treino de profissionais interessados pelo aproveitamento geotérmico por bombas de calor, visando impulsionar o desenvolvimento de um enquadramento certificativo europeu. Portugal não participou nesta primeira fase, mas após a sua conclusão em 2011, pela sua demonstrada utilidade, as instituições europeias e os países envolvidos decidiram manter o diálogo e formar uma associação europeia sem fins lucrativos para a formação e certificação, lançando o convite também a Portugal. Assim, a APG conjuntamente com o LNEG, têm participado nos grupos de trabalho para adequação dos currícula europeus, bem como para a adaptação dos manuais para o quadro formativo do nosso país (trabalho conjunto com a plataforma portuguesa). Espera-se que APG e LNEG venham a promover ações de formação em geotermia superficial para sondadores e projetistas num futuro próximo.

Patrocinadores

synege

 

 maquesonda


georea_100px

logo triaguas_transp
 

als-logo-rgb_transp_100px

 

 

bv logo cmyk

 

 swick drilling europe logo final rgb

 

logo_sinergeo2

 

logo_visa

  

Escolha a sua Língua


Pesquisa