Notícias

Dia Internacional da Geodiversidade: o elo que faltava na valorização do património geológico

sanchez_3-400x250A iniciativa para a implementação do Dia Internacional da Geodiversidade foi incluída na agenda da Comissão Executiva da UNESCO e recomendada para aprovação. A proposta será agora votada durante este mês na 211ª sessão da Comissão Executiva da UNESCO e a decisão final deverá ser formalizada na 41ª sessão da Conferência Geral da UNESCO, em novembro de 2021. Espera-se celebrar o primeiro Dia Internacional da Geodiversidade a 6 de outubro de 2022.

No documento que servirá de suporte à reunião da Comissão Executiva da UNESCO, a geodiversidade é definida como "a variedade dos elementos não-vivos da natureza – os minerais, as rochas, os fósseis, os solos, os sedimentos, o relevo, a topografia, os processos geológicos e morfogénicos e aspetos hidrológicos, como os rios e os lagos. A geodiversidade sustenta a biodiversidade e é a base de qualquer ecossistema, mas possui os seus próprios valores, independentes da biodiversidade."

Mónica Sousa, Coordenadora do Painel de Especialistas em Património Geológico da FEG e Diretora-executiva da APG, na notícia publicada pela FEG sobre a implementação do Dia Internacional da Geodiversidade, explica a importância de proteger a geodiversidade:

"Embora a nossa sociedade dependa de recursos geológicos para o seu desenvolvimento, é também necessário preservar as partes da geodiversidade que são importantes para reconstruir a história da Terra e a evolução da vida no nosso planeta. Estas partes da geodiversidade que devem ser preservadas são definidas como património geológico. Ao preservar o património geológico, estamos também a preservar a história humana, permitindo-nos perceber o nosso lugar na história do planeta."

A sugestão para a criação do Dia Internacional da Geodiversidade surgiu em maio de 2020, durante um encontro de especialistas em geodiversidade e património geológico, a Oxford Geoheritage Virtual Conference, que reuniu mais de 600 participantes de mais de 60 países. Na ocasião, quatro delegados da conferência, entre eles o geólogo português José Brilha, propuseram definir um dia para consciencializar as populações em todo o mundo sobre a importância do património geológico.

Patrocinadores

synege

 

 maquesonda


georea_100px

logo triaguas_transp
 

als-logo-rgb_transp_100px

 

 

bv logo cmyk

 

 swick drilling europe logo final rgb

 

logo_sinergeo2

 

logo_visa

  

Escolha a sua Língua


Pesquisa